Jornalista lança livro “As Melhores (e as piores) frases das campanhas eleitorais”

“Os meninos sempre gostaram mais de produção do que de propaganda. E me convenceram”, conta Edgard

por Agência Futebol Interior

A amistosa frase “Entre sem bater” está estampada em milhares de placas pelo país na entrada de estabelecimentos comerciais.

O que a maioria das pessoas não sabe, porém, é que sua origem tem um sentido completamente diferente.

A inscrição surgiu na porta do escritório de Aparício Fernando de Brinkerhoff Torelly, o Barão de Itararé, candidato a vereador no Rio de Janeiro em 1947, logo após a polícia invadir o local, quebrar os móveis e bater nos funcionários.

Essa e outras curiosidades da política brasileira estão reunidas no livro “As Melhores (e as piores) frases das campanhas eleitorais”, que o jornalista, publicitário e empresário Edgard Soares lança oficialmente nesta segunda-feira (21).

Sua agência Edgard Soares & Associados foi substituída em 2010 por uma produtora de filmes, conforme desejo dos irmãos Edgard Soares Filho e Rafael Damy.

“Os meninos sempre gostaram mais de produção do que de propaganda. E me convenceram”, conta Edgard.

A Vapt Filmes deu início ao hoje G8 Group, que inclui ainda a também produtora de imagens Madre Mia, os modernos estúdios BigBox, a produtora de som Lira e a locadora de equipamentos EliteCam.

Sócio e chairman do grupo, Edgar Soares também se dedica à uma incorporadora imobiliária, que atua no Vale do Paraíba com loteamentos residenciais.

Edgard Soares
Edgard Soares
Em sua trajetória, o publicitário trabalhou na Norton, Mauro Salles e Propeg, até abrir sua agência, que atendeu contas importantes como Marisa, Souza Ramos e Lojas Brasileiras, além de se especializar no segmento imobiliário, tendo como cliente Lopes Consultoria de Imóveis.

A pedidos, ainda realizou campanhas de marketing político para candidatos na sua região, especialmente em Taubaté, o que explica seu gosto pelas frases de campanhas eleitorais. Ainda hoje, Edgard comanda campanhas para prefeito em Ilha Bela e Caraguatatuba.

Corintiano como o irmão, o falecido comentarista esportivo Juarez Soares, Edgard ainda exerceu o cargo de diretor de Marketing clube, período em que licenciou 51 produtos com a marca do time.

O livro de Edgard já está à venda em sites como Amazon e Americanas, tanto o físico quanto o e-book.

“O interessante é que não se trata apenas de frases soltas, mas sim contextualizadas e cada uma com sua história”, explica.

“Política é como nuvem”, por exemplo, frase de Juracy Magalhães, vem sendo repetida ao longo dos anos e até ganhou novos “autores’, como Tancredo Neves e José Sarney.

A apresentação do livro é de Antonio Roque Citadini, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e ex-diretor de futebol do Corinthians, e prefácio do advogado Alexandre Husni.

As frases colhidas e contextualizadas no livro compreendem um longo período da história do Brasil, desde o Estado Novo até os dias atuais.

Curiosamente, até o período da ditadura militar proporciona história para o livro, já que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva um dia também se sujeitou à Lei Falcão e foi candidato a cargo legislativo divulgado apenas por uma foto 3X4 e algumas linhas informativas.

Edgard Soares também aborda o surgimento dos marketeiros profissionais, com uma história curiosa. Após várias derrotas eleitorais, aconselhado por José Dirceu, Lula contratou ninguém menos que o publicitário que elegeu Paulo Maluf para fazer sua vitoriosa campanha à presidência de 2002.

A política realmente é uma fonte inesgotável de frases, boas e ruins. Nem todas couberam neste livro, mas fazem parte do anedotário das campanhas eleitorais.

“Você perdeu seu irmão mas eu perdi minha carteira” é uma das frases que ilustram campanhas eleitorais no Interior de São Paulo, através da qual um candidato a prefeito, que pagava velórios e enterros em troca de votos, se livrou de assédio de mais uma despesa.

Texto por Blog do Adonis