Juventude anuncia ex-SP, que ficará no Água Santa até o final do Paulistão

Pintado chegará ao clube gaúcho após o futebol voltar ao seu normal no Brasil

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, SP, 27 (AFI) - O Juventude surpreendeu ao anunciar no início da tarde desta sexta-feira a contratação do técnico Pintado, que vinha comandando o Água Santa no Campeonato Paulista. A apresentação oficial do novo técnico alviverde será realizada assim que o clube retomar as atividades normais diante de um cenário mais positivo no que diz respeito ao combate ao coronavírus.

Em contato exclusivo com o Portal Futebol Interior, Pintado explicou que a negociação foi feita às claras, com o total consentimento do Água Santa. O treinador ainda revelou que foi contratado para comandar o Juventude na Série B do Campeonato Brasileiro.

"A negociação com o Juventude aconteceu com o consentimento da diretoria do Água Santa. Foi tudo realizado com muita transparência. Tenho um carinho enorme pela equipe, respeito e sou muito grato por tudo que vivi aqui. Sempre procurei dar o meu melhor para a equipe", disse Pintado, que falou sobre uma possível continuidade dos estaduais, ao repórter Kim Belluco.

"Tenho um compromisso com o Água Santa no estadual e vou honrá-lo caso o campeonato tenha continuidade. Terminado o Paulistão, irei para o Juventude", concluiu.

JUVENTUDE
No Juventude, Pintado chega para substituir Marquinhos Santos, que não teve bom desempenho no Campeonato Gaúcho. O ex-técnico do Água Santa chega com o objetivo de levar o clube à elite do futebol nacional.

Pintado é o novo técnico do Juventude - Água Santa
Pintado é o novo técnico do Juventude
"É um grande desafio. O Juventude é uma equipe acostumada em revelar bons jogadores para grandes clubes e até mesmo para seleção brasileira. Tem um mercado forte, uma diretoria muito competente. Esse quesitos me motivaram muito a aceitar o convite, sem contar que estão em uma crescente e é isso que busco, sempre crescer profissionalmente", concluiu.

Pintado ainda falou sobre o momento que o futebol brasileiro está passando. "Temos que ter responsabilidade. Precisamos minimizar contatos com outras pessoas. Qualquer reinicio de atividade seria loucura. No Juventude, vamos começar um planejamento, uma montagem de elenco internamente. O Água Santa, por sua vez, já sabe muito bem o que precisará ser feito caso o Paulistão seja retomado. Os jogadores sabem os objetivos", finalizou.

MAIS DO TREINADOR
Ex-jogador, começou no Bragantino como zagueiro e, ao longo da carreira, consolidou-se como volante. Foi assim que destacou-se no São Paulo, onde foi peça importante na conquista do bicampeonato da Libertadores (1992 e 1993) e do Mundial Interclubes (1992). Depois, defendeu clubes como Cruz Azul (MEX), Santos (SP), América (MG), Atlético (MG), Cerezo Osaka (JAP) e Portuguesa (SP). Em 2002, encerrou sua carreira como atleta e passou a dedicar seus estudos à função de treinador.

Iniciou a trajetória fora das quatro linhas na Inter de Limeira (SP) e logo assumiu o América (MG), onde permaneceu por três temporadas. Daí em diante, rodou o Brasil e treinou equipes como Paraná (PR), Náutico (PE), São Caetano (SP), Ituano (SP), Ponte Preta (SP), Mirassol (SP), León (MEX), Santo André (SP), Linense (SP), Guaratinguetá (SP), CRB (AL), América (RN), Guarani (SP) e Água Santa (SP). Entre 2013 e 2015, foi auxiliar técnico no Cruz Azul (MEX), e entre 2016 e 2017, também exerceu a função no São Paulo, onde teve a oportunidade de assumir o time principal em algumas oportunidades.
Em 2019, Pintado dirigiu o Figueirense, assumindo o clube na lanterna da Série B. Após nove jogos e nenhuma derrota, livrou a equipe catarinense do rebaixamento, algo que parecia impossível até a sua chegada. Estava no Água Santa.