Grêmio 1 x 0 Fluminense - Sem Cebolinha, Diego Souza decide em vitória gaúcha

O atacante fez valer a lei do ex para conquistar três pontos importantes para o tricolor gaúcho

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 09 - Sem Everton Cebolinha, coube ao experiente Diego Souza liderar o Grêmio neste domingo na vitória sobre o Fluminense, por 1 a 0, na arena gremista, em Porto Alegre, pela rodada de abertura do Brasileirão. O meia-atacante decidiu aos 44 minutos do primeiro tempo em duelo que contou com a volta dos veteranos Fred, no Flu, e Thiago Neves, no Grêmio – ambos estavam machucados.

Decisivo, Diego Souza teve a companhia de Pepê, nova aposta do Grêmio neste domingo. O jovem atacante foi um dos destaques da partida, criando as melhores chances dos anfitriões. Mais incisivo, o time da casa não foi dominante durante toda a partida, mas soube ser mais eficiente no ataque.

CONFIRA O GOL DA VITÓRIA !

O JOGO
Na primeira partida sem Everton Cebolinha, negociado com o Benfica, o Grêmio esteve abaixo do esperado nos primeiros minutos. A equipe da casa tinha pouca iniciativa no ataque, agora sob a liderança de Pepê e Diego Souza, e parava na boa marcação dos cariocas, muitas vezes sem passar do meio de campo.

Diego Souza deixou sua marca pelo Grêmio
Diego Souza deixou sua marca pelo Grêmio

Do outro lado, o Fluminense aproveitou a postura discreta do anfitrião e foi para cima. Foi do visitante as primeiras boas chances da partida. Aos 4, Dodi pegou rebote do goleiro Vanderlei e mandou com perigo.

Nenê e Evanilson também assustaram a defesa gremista, aos 15 e aos 22, respectivamente. Na finalização do segundo, Vanderlei precisou brilhar para fazer a defesa.

Mas o panorama do duelo passou a mudar na metade da etapa. Antes recuado, o Grêmio começou a buscar mais o ataque, empurrando o Flu para a defesa. O confronto passou a se concentrar num truncado meio-campo, com exceção para investidas pontuais dos anfitriões.

Numa delas, uma atrapalhada troca de passes na entrada da área culminou em gol de Diego Souza, aos 44 minutos.

DEU GRÊMIO!
No início do segundo tempo, o Flu redescobriu o ataque. Em apenas dois minutos, criou duas boas oportunidades de gol. Na primeira, Nenê encheu o pé e Vanderlei fez linda defesa. Em seguida, Yago Felipe arriscou de longe e mandou perto. Mas, como aconteceu na etapa inicial, o Flu perdia fôlego rápido no ataque.

Por isso, o técnico Odair Hellmann colocou Fred em campo aos 11 minutos. A meta era dar consistência ao ataque, reforçado também com Wellington Silva. O Flu, então, se tornou mais ofensivo e abriu espaço para investidas do Grêmio, deixando o jogo mais aberto e franco.

ALGUNS SUSTOS
Se não assustava muito Vanderlei a partir da metade do segundo tempo, o Flu passou a levar sustos constantes a cada investida de Pepê. Aos 24, ele fez bela jogada individual pela esquerda. Conteve três marcadores e bateu com perigo da entrada da área. A bola passou rente à trave esquerda de Muriel. Aos 30, acertou forte chute de fora da área e Muriel saltou para defender.

O Flu, por sua vez, aceitou a postura mais defensiva, desistindo do ataque. Nos minutos finais, o time carioca se restringiu à retranca, contendo o ímpeto de Pepê, Luciano e Thiago Neves, reforço dos anfitriões nos últimos minutos.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Grêmio enfrentará o Ceará no Castelão, na quarta-feira. No mesmo dia, o Fluminense vai receber o Palmeiras, campeão paulista, no estádio do Maracanã.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
1ª rodada
Data
09/08/2020
Horário
19h00
Local
CT Hélio Dourado - Eldorado do Sul (RS)
Árbitro
Wilton Pereira Sampaio - GO (FIFA)

Assistentes
Fabrício Vilarinho da Silva - GO (CBF) e Bruno Raphael Pires - GO (CBF)

Cartões Amarelos
Grêmio-RS: Orejuela, Bruno Cortez
Fluminense-RJ: Yuri Lima, Michel Araújo, Igor Julião

Gols
Grêmio-RS: Diego Souza 44' 1T
Grêmio-RS
Vanderlei;
Orejuela (David Braz), Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez;
Lucas Silva (Thaciano), Maicon (Thiago Neves), Alisson e Isaque (Darlan);
Diego Souza (Luciano) e Pepê
Técnico: Renato Gaúcho
Fluminense-RJ
Muriel;
Igor Julião, Nino, Luccas Claro e Egídio;
Yuri Lima (Michel Araújo), Dodi, Yago Felipe (Miguel) e Nenê (Wellington Silva);
Evanilson (Fernando Pacheco) e Marcos Paulo (Fred)
Técnico: Odair Hellmann