Vasco 0 x 1 Coritiba - Coxa deixa lanterna na primeira derrota de Luxemburgo

O time paranaense joogu com um a mais desde aos 29 minutos do primeiro tempo

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 16 (AFI) - Na estreia do técnico paraguaio Gustavo Morínigo, o Coritiba ganhou um respiro para tentar evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Aproveitou a expulsão de Henrique por agressão no primeiro tempo para derrotar o Vasco por 1 a 0, em São Januário, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da partida foi marcado por Hugo Moura.

O triunfo encerra uma série de dez jogos sem vitórias do Coritiba na competição, com três empates e sete derrotas nessa série negativa. E faz o time terminar o sábado fora da lanterna, agora ocupada pelo Botafogo, pois o time paranaense chegou aos 25 pontos, contra 23 da equipe carioca. Mas a distância para o primeiro clube fora da zona de descenso, o Fortaleza, é de sete pontos.


VÍDEO: Com gol de Hugo Moura, Coritiba vence o Vasco em São Januário:

Espaço incorporado por HTML (embed)


O Vasco, por sua vez, sofreu um revés na sua briga contra o rebaixamento, parando nos 32 pontos, na 15.ª colocação. Foi bastante prejudicado pela expulsão do seu lateral-esquerdo, quando o placar era de 0 a 0, no primeiro tempo, mas também exibiu pouca criatividade, praticamente só sendo perigoso em cruzamentos.

O cenário não melhorou nem com a entrada no intervalo de Benítez, que foi novamente emprestado pelo Independiente. E, assim, o time sofreu a sua primeira derrota sob o comando de Vanderlei Luxemburgo - havia empatado com o Atlético Goianiense na estreia e vencido o Botafogo no último domingo.

VASCO COM UM A MENOS!
No início do duelo, os dois times começaram se estudando, embora o Coritiba tenha ameaçado em algumas finalizações. No entanto, o panorama da partida mudou completamente aos 29 minutos, quando Henrique, do Vasco, foi expulso por cotovelada no rosto de Sarrafiore. Com a vantagem numérica, o Coxa se mandou para o ataque.

Coritiba derrota o Vasco
Coritiba derrota o Vasco

Neilton teve oportunidades em chutes de fora da área aos 33 e aos 41, mas Fernando Miguel defendeu as duas. Porém, o goleiro dos mandantes nada pôde fazer na tentativa de Hugo Moura, que chutou rasteiro no canto esquerdo e abriu o placar aos 42.

O Gigante da Colina poderia ter empatado aos 48, mas Wilson fez grande defesa em cabeçada de Germán Cano e manteve os paranaenses na frente no intervalo.

VITÓRIA DO COXA!
Na segunda etapa, o Coritiba se postou atrás e deu a bola ao Vasco, que teve dificuldade para criar. Aos 21 minutos, Léo Matos arriscou de longe para defesa de Wilson. O Coxa respondeu aos 24, em toque de Ricardo Oliveira por cima do gol. Uma boa chance para os cariocas apareceu aos 28, em bomba de Martin Benítez que passou ao lado da meta.

Na reta final, o Gigante da Colina tentou exercer pressão em busca do empate e, no último lance do jogo, Cano soltou uma pancada de primeira com veneno, mas parou no arqueiro dos visitantes, que garantiu a vitória.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Fluminense na quarta-feira, às 20h30, no Couto Pereira, em Curitiba (PR). No mesmo dia, às 21h30, o Vasco visita o Red Bull Bragantino no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
30ª rodada
Data
16/01/2021
Horário
21h00
Local
São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes
Daniel Luis Marques (SP) e Eduardo Goncalves da Cruz (MS)

Cartões Amarelos
Vasco da Gama-RJ: Léo Matos, Bruno Gomes
Coritiba-PR: Nathan, Nathan Silva

Cartões Vermelhos
Vasco da Gama-RJ: Henrique
Gols
Coritiba-PR: Hugo Moura 43' 1T
Vasco da Gama-RJ
Fernando Miguel;
Léo Matos (Cayo Tenório), Werley, Leandro Castan e Henrique;
Bruno Gomes, Léo Gil (Gabriel Pec), Juninho (Caio Lopes) e Yago Pikachu (Neto Borges);
Talles Magno (Martín Benítez) e Cano
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Coritiba-PR
Wilson;
Natanael, Nathan Ribeiro, Sabino (Henrique Vermudt) e Guilherme Biro;
Hugo Moura, Nathan Silva, Matheus Bueno (Ramon Martínez) e Sarrafiore (Luiz Henrique);
Pablo Thomaz (Ricardo Oliveira) e Neílton (Jonathan).
Técnico: Gustavo Morínigo