Fifa revela negociações mais caras de 2020 e brasileiro fica na vice-liderança

Segundo a Fifa, o mercado de 2020 teve queda de R$ 9 bilhões, talvez impactado pela pandemia de Covid-19

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 18 (AFI) - A ida do volante Arthur do Barcelona para a Juventus foi a segunda transferência mais cara de 2020, informou a Fifa nesta segunda-feira. Os valores de cada negociação são do site Transfermarkt.

Quase meio bilhão de reais. (Foto: Divulgação)
Quase meio bilhão de reais. (Foto: Divulgação)
A transferência do brasileiro custou R$ 458 milhões, ficando atrás apenas da saída de Kai Havertz do Bayer Leverkusen. Ele acertou com o Chelsea pela bagatela de R$ 509 milhões. Fechando o Top 3 há Victor Osimhen que saiu do Lille e foi para o Napoli por R4 445 milhões.

Segundo a Fifa, o mercado de 2020 teve queda de R$ 9 bilhões, talvez impactado pela pandemia de Covid-19. As transferências no ano passado chegaram a R$ 29,7 bilhões, ante R$ 38,6 bilhões de 2019. O resultado atual é o pior desde 2016 (R$ 24,8 bilhões).