Goleiro e artilheiro da Série B de 1981 pelo Guarani comentam a conquista

O goleiro Birigui e o atacante Marcelo Vita falaram à Rádio FI sobre a importante conquista que completa 39 anos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - No dia que o Guarani comemorou 39 anos da sua conquista da Taça de Prata (hoje Série B do Campeonato Brasileiro), a Rádio Futebol Interior ouviu dois personagens decisivos daquela campanha: o goleiro Birigui, que fez todos os jogos da competição, e o atacante Marcelo Vita, que fez o gol do título.

Em 1981, no dia 27 de março, o Guarani empatou em 1 a 1 com a Anapolina-GO, no estádio Brinco de Ouro, com gol de Marcelo, e terminou campeão da Taça de Prata. Hoje, na camisa bugrina existem duas estrelas: uma dourada simbolizando a conquista do campeonato brasileiro de 1978 e outra prateada, eternizando essa conquista.

SAIBA DETALHES DA CONQUISTA BUGRINA EM 1981

Birigui falou na Rádio FI
Birigui falou na Rádio FI

Birigui, atualmente em Sinop-MT, onde é treinador do Sinop e atua na Secretaria de Esportes, lembrou sua carreira, do título da Taça de Prata e de sua saída do Guarani para o Santa Cruz-PE.

Já o atacante Marcelo Vita, morando em Campinas, também lembrou seus momentos no Guarani e de como entrou na partida final, substituindo o craque Careca, que estava com três cartões amarelos.

Na programação dessa sexta-feira, Gustavo Marques entrevistou Birigui e Marcelo Vita na Rádio Futebol Interior.

CONFIRA O PROGRAMA NA ÍNTEGRA

Espaço incorporado por HTML (embed)