Série B: Capitão do Botafogo admite situação complicada, mas não joga a toalha

O Pantera perdeu para o Avaí, por 1 a 0, em casa, na abertura da 23ª rodada do campeonato

Publicado em .

O Pantera perdeu para o Avaí, por 1 a 0, em casa, na abertura da 23ª rodada do campeonato

Ribeirão Preto, SP, 24 (AFI) - A cada rodada que passa a situação do Botafogo fica mais delicada no Campeonato Brasileiro da Série B. Na última segunda-feira, o Pantera recebeu o Avaí e perdeu por 1 a 0, no Estádio Santa Cruz.

Um dos líderes do elenco tricolor, o zagueiro Robson reconheceu que a situação do Botafogo é bastante complicada. A quarta derrota seguida afundou o time na penúltima colocação, com apenas 18 pontos em 23 jogos.

Botafogo perdeu para o Avaí e se complicou (Foto: Divulgação/Botafogo SA)
Botafogo perdeu para o Avaí e se complicou (Foto: Divulgação/Botafogo SA)
"O problema é grande. É nítido que estamos tendo dificuldades para sair dessa situação incômoda. É difícil sempre estar falando que estamos trabalhando, buscando e o resultado não chega, mas é a realidade", disse Robson.

AINDA DÁ!
O defensor, porém, evitou jogar a toalha e acredita na permanência do Botafogo na Série B do Brasileiro. Para se livrar do rebaixamento, o time precisa chegar aos 45 minutos. Faltam 15 rodadas.

"O Botafogo é um clube muito correto, que honra com seus compromissos. Os atletas estão comprometidos, mas no futebol às vezes acontece de você trabalhar e não vir o resultado. Mas acreditamos que vamos alcançar os 45 pontos e sair do rebaixamento", finalizou Robson.

O Botafogo volta a campo na quinta-feira, no confronto direto contra o Figueirense, em Florianópolis.